Mamoplastia – tudo que você precisa saber antes de fazer

Granado Pharmácias lança linha Tropicália em parceria com The Webster
7 de fevereiro de 2017
Vestido evasê|Versátil para todos biotipos – aprenda como usar
9 de fevereiro de 2017

Olá amoras!

Há quase 14 anos atrás, quando minha filha mais nova completou 1 aninho me submeti a uma cirurgia plástica que envolveu abdominoplastia e implante de silicone. Após duas gestações, eu que era magrinha, tive a pele bem esticada (engordei 14 quilos na gestação da Marina, e 11 quilos na gestação da Letícia). Por essa razão meu abdômen ficou cheio de estrias o que me deixou bastante infeliz e envergonhada por muito tempo. Amamentei minhas duas filhas, um dos atos mais sublimes da maternidade. Mas, após o desmame meus seios que tinham um tamanho bom, ficaram completamente murchos e flácidos, então investi no implante de silicone.

O resultado foi perfeito, fiquei com o corpo excelente, e a abdominoplastia tirou o máximo das estrias. Os seios ficaram num ótimo tamanho, bem natural e nada mais de flacidez. Isso durou uns 10 anos. No entanto de uns 4 anos para cá tenho sentido meus seios mais flácidos, com perda de tônus e a sensação de que cresceram. Por essa razão procurei o Dr. Daniel Thomaz, Cirurgião Plástico, com clínica conceituada em minha cidade, por indicação de amigas e familiares.

mamoplastia-redutora-plano-de-saude

Em minha consulta aproveitei para fazer uma entrevista com ele sobre o assunto, e como sei que muitas mulheres passam por essas dúvidas, nada mais justo do que compartilhar com vocês. Por isso o tema de hoje é Mamoplastia – e todas as variáveis que envolvem o tema.

Primeiro precisamos entender que a mamoplastia pode ser feita para redução de seios ou (na maioria dos casos) para o aumento com implante de silicone. A estética corporal também passa por “modas” e já foi o tempo em que ter “peitão” era a maior procura das mulheres. Hoje em dia observamos que a busca por um corpo bonito e saudável tem aumentado continuamente o número de cirurgias plásticas. A mamoplastia é uma das mais buscadas pelas mulheres.

Até pouco tempo atrás eu acreditava que o melhor momento para fazer um implante de silicone deveria ser após a mulher ter os filhos que pretende. Depois de conversar com meu cirurgião plástico – Dr. Daniel Thomaz – entendi que na verdade não precisa ser assim. Dr. Daniel me informou que a mulher norte-americana faz uma média de 5 cirurgias nos seios durante sua vida, já as brasileiras fazem uma média de 3. Por que?

mamoplastia-redutora-com-protese-de-silicone-porto-alegre

“A mama é composta por um tecido que tem uma vida diferente, o tecido glandular está presente na fase fértil da mulher, e todas as alterações hormonais interferem na composição da mama. A mulher depois dos 40 já teve muito dessa mama substituída por tecido adiposo – perde tecido glandular e ganha gordura. E o tecido adiposo não dá a mesma sustentação ao seio. Uma cirurgia de mama não dura 10 anos com o mesmo padrão de beleza, por essa razão, quando tem condições financeiras a mulher vai buscar fazer uma nova intervenção cirúrgica.” (Dr Daniel Thomaz)

Meu pré-conceito com relação às mocinhas que fazem o implante de silicone antes de terem filhos foi por água a baixo, tendo em vista, que com filho ou sem filho, após 10 anos o resultado da cirurgia será afetado pelas questões hormonais e pelo envelhecimento natural a que todas estamos sujeitas. Assim, pesquisando mais informações na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, encontrei esse guia com perguntas e respostas rápidas e esclarecedoras para quem tem dúvidas sobre o assunto:

A partir de que idade posso fazer a cirurgia?
Normalmente, de 3 a 4 anos após da menarca (primeira menstruação).

A mamoplastia afeta a amamentação?
Normalmente não, mas existem técnicas que podem comprometer a lactação.

A mamoplastia afeta a sensibilidade dos seios?
Não, mas pode ocorrer hipoestesia (baixa sensibilidade) transitória nos primeiros meses (3 a 6 meses após a cirurgia).

Há restrições quanto à prática de esportes por parte de quem se submete à operação? Se sim, elas são permanentes?
Sim. Esportes, atividades físicas ou carregar pesos – ou seja, quaisquer movimentos de garnde esforço com os braços – devem ser evitados por um período de 30 a 60 dias após a cirurgia.

Na mamoplastia de aumento, posso escolher o volume do implante? Quais são os critérios para determinar o melhor tamanho?
Sim, em geral os representantes dispõem de moldes que podem e devem ser experimentados pela paciente. O cirurgião plástico irá orientar quanto ao modelo e poderá te aconselhar sobre o tamanho da prótese.

mitos-da-mamoplastia-de-aumento-protese-de-siliconeHá risco de perda do resultado estético da cirurgia?
Sim. A observância dos cuidados pós-operatórios é fundamental na obtenção dos resultados, assim como sua manutenção. O ganho e a perda de peso também podem influenciar no resultado final.

Há riscos na mamoplastia de aumento?
Sim, toda cirurgia tem seus riscos.

O silicone é perigoso? Existe relação entre seu uso e a incidência de câncer de mama?
Não. O silicone cirúrgico segue normas internacionais de segurança, e não há qualquer relação entre sua utilização e a incidência de câncer.

Sentirei dor no período pós-operatório?
Em toda cirurgia existe dor, que é variável de pessoa para pessoa.

A cirurgia deixa cicatrizes? Se sim, onde se localizam?
Sim. Dependendo da técnica, localizam-se no sulco inframamário, em forma de T invertido ou Z, nas cirurgias redutoras ou mastopexias, e no sulco ou periaureolar, nas cirurgias de aumento.

proteses_planosQual é o tipo de anestesia utilizada?
Geral , bloqueios ou local. A decisão fica a critério de seu cirurgião plástico.

Quantos dias devo ficar em repouso?
Repouso relativo de 15 a 30 dias, dependendo do tipo de cirurgia e sua recuperação.

Em quanto tempo poderei retomar minas atividades no ritmo normal?
Em geral, após 30 a 45 dias.

seiosgrandes-600x375

Eu estou avaliando a possibilidade de fazer uma nova cirurgia tendo em vista que a minha já vai completar 14 anos em Julho deste ano. Assim que fizer o procedimento podem deixar que virei informa-las com um diário cirúrgico mostrando todos os cuidados e resutados.

Caso tenha alguma dúvida deixe aqui sua pergunta que levarei para o Dr. Daniel Thomaz, meu cirurgião plástico.

ME SIGAM também nas Redes Sociais:
INSTAGRAM: @blogmuitodiva
FACEBOOK: blogmuitodiva
YOUTUBE: Blog MuitoDiva
Snap: blogmuitodiva

Kisses,

Thatá.

Facebook Comments