Book de 15 anos|Dicas para produzir o álbum de sua filha

Decor de Natal|Como escolher o tipo de árvore de Natal perfeita para sua casa
11 de novembro de 2016
Resenha: Máscara capilar Banho de Verniz de Ykas Hair Technology
15 de novembro de 2016

Olá amoras!

Já tem um bom tempo que estou para fazer este post sobre Book de 15 anos. Mas fui me enrolando com outros assuntos, viagens, e acabei esquecendo. A ideia desse post surgiu quando minha filha mais velha, Marina, completou seus 15 aninhos. Contei aqui para vocês da viagem que fizemos para a Disney, que ela escolheu no lugar da festa. No entanto, próximo ao dia do niver dela fizemos uma festinha para a família e coleguinhas, nada sofisticado, mas muito aconchegante para ela curtir a idade e os amigos. Como já tínhamos gastado dindin (muito) com a viagem, nem estava em nossos planos fazer um book, mas minha sogra (avó dela) fez questão e deu esse lindo presente.

Ficamos muito felizes, mas não pensem que fazer um book é só ganhar as fotos. Precisamos de toda uma preparação, e por isso vim compartilhar com vocês algumas dicas do que fizemos e deu super certo para a produção das fotos da Marina.

01-02

Escolha do fotógrafo

Este é um dos pontos cruciais para um trabalho bem feito, e nós temos a sorte de ter um profissional de alto nível na família. Casado com a prima de meu marido, o Beto Oliveira é super reconhecido por seu trabalho em eventos, books, editoriais. Tem fotos com um olhar diferente do tradicional, daquelas receitinhas manjadas, sabe? Para isso a primeira coisa que fizemos foi uma reunião para conversarmos sobre o estilo de álbum: tamanho, diagramação de fotos, estilo de fotografia. Nesse dia ele nos solicitou (a mim e à Marina) que criássemos um álbum no Pinterest com algumas imagens que a Marina gostasse. Adorei essa ideia, pois foi uma forma dele conhecer um pouco mais o estilo dela, para poder valorizar o gosto pessoal dela nas fotos.

13-14

Produção das fotos

Eu não tinha como pagar alguém para fazer a produção, que engloba escolha de looks, acessórios, objetos para compor as fotos, estilo de cabelo, maquiagem, etc. Assim, eu mesma, com meu conhecimento sobre moda, make e sendo a pessoa que melhor conhece a Marina, fiz toda a produção. A primeira dúvida: que roupas usar? Eu não poderia sair por aí comprando roupas novas para um ensaio fotográfico, e o que fiz foi buscar no closet dela peças que poderiam ser combinadas de uma forma que ela ainda não tinha pensado. Criei looks incríveis, que ela mesma, depois, veio me dizer que amou, e nunca tinha imaginado. Aqui a criatividade e a pesquisa são as melhores amigas. Foram algumas horas olhando revistas de moda, sites, para ter ideias de composição. A ideia para a produção foi retratar o universo de coisas que a Marina gosta: música, dança, livros, e tudo relacionado a isso. E assim pautei minha produção.

31-32

Fotos no estúdio

Para o dia de fotos no estúdio aproveitamos para fazer as fotos que exigiam mais trocas de roupa, uma iluminação diferenciada, focando em poses, efeitos de cores e objetos de cena, que ajudaram a compor o momento.

21-22

43-44

Fotos ao ar livre

No dia das fotos ao ar livre a troca de roupas fica um pouco mais limitada, e não dá para levar tantos objetos para compor cenas. Escolhemos os arredores e o interior do Teatro Municipal de Uberlândia (que foi desenhado por Oscar Niemeyer), cheio de curvas e formas, excelente para fotos com ângulos incríveis.

53-54

55-56

Maquiagem

A maquiagem no dia das fotos de estúdio foi feita por uma profissional, a Mariana Dalálio que soube ressaltar a beleza da Marina. É muito importante que a maquiadora não faça uma maquiagem muito pesada, afinal são 15 anos, e nada de deixar a menina com cara de mulherão, nem algo vulgar. Para as fotos ao ar livre eu mesma fiz a maquiagem, deixando mais natural, com uma pele bem feita, evidenciando apenas a beleza natural dela.

Poses

Seguir as orientações do profissional é essencial, pois ele já sabe as melhores posições e luminosidade para fotografar. Tentar fugir de poses tradicionais e muito óbvias é uma forma de criar um book único, com personalidade. Para as fotos em estúdio, o Beto colocou música, e ao som de ótimas canções de rock a Marina se soltou. Quanto mais momentos espontâneos, melhores são as fotos, com sorrisos naturais e poses divertidas. Para as fotos ao ar livre a descontração ficou por conta da equipe, no caso, eu (mãe), Beto (fotógrafo), Bia (esposa do Beto que nos ajudou na produção).

03-04

37-38

23-24

Quando recebemos as fotos, após a diagramação, já ficamos maravilhadas, fizemos as escolhas, mas quando o book ficou efetivamente pronto, e pudemos apreciar cada página, foi inacreditável. Todos familiares e amigos amaram o resultado, e o principal comentário foi o quanto o álbum ficou com personalidade, lindo, e totalmente fora dos álbuns tradicionais, ou das “modinhas” de poses que tem ganhado o mercado de fotos. Enfim, ficamos muito satisfeitos, todos nós, e a Marina terá para sempre uma recordação perfeita de seus 15 anos.

ME SIGAM também nas Redes Sociais:
INSTAGRAM: @blogmuitodiva
FACEBOOK: blogmuitodiva
YOUTUBE: Blog MuitoDiva
Snap: blogmuitodiva

Kisses,

Thatá.

Facebook Comments